Radiohead e 3D motion capture system

Radiohead "House of Cards" from Justin Glorieux on Vimeo.

 

Para quem aprecia (adora Radiohead como eu) e estuda/ investiga/ tem interesse por sistemas de captura de movimento 3D (motion capture systems 3D) fica com interesse em perceber qual é a ligação entre estas duas temáticas, à primeira vista tão diferentes, mas com uma análise mais detalhada tão próximos.

O vídeoclip da música "House of  Cards" da banda Radiohead foi desenvolvido tendo por base a captura em 3D do cantor Tom Yorke. Este sistema desenvolvido em 2008 efetua a projeção de padrões no cenário, que são visíveis a olho nu. Este sistema de captura de imagens em profundidade (diferente do utilizado em sensores como o kinect) permite recolher imagens com uma resolução boa.


 "A visible structured light approach was famously used as the basics for Radiohead's breakthrough 2008 cameraless music video, "House of Cards", from the album In Rainbows. With the aid of geometric Informatics custom system, close-up recordings of singer Tom Yorke's face were captured as point cloud data, wich allowed the "synthetic camera" viewpoints to be directed in postproduction. The structured light approach was ideal for capturing the singer's detail facial expressions since this technique can be used to capture subjects within a couple of feet." (Keane S, Hall J, Perry P. , 2012)

 

 

Visible Structured light setup (Keane S, Hall J, Perry P. , 2012)


O código utilizado para o desenvolvimento do projecto de reconhecimento facial do Tom Yorke está disponível e acessível para o público no repositório de código da google.

 Este é um projeto que contempla inovação tecnologica e música num mesmo projeto.

 

Mais informações:

Exploração e visualização dos elementos em 3D

Recursos utilizados no desenvolvimento do reconhecimento 3D

 

Até depois!

 

 

publicado por paulamargarida às 17:13 | comentar